Search
  • cachorreiros

Dicas para correr com o seu Cachorro.

A atividade física com cães vem crescendo muito e principalmente a corrida com cães, Canicross e Dog Run. Os cães são amantes dessas atividades porque amam correr.

Mas como treinar nossos amigos peludos com segurança e saudavelmente? Partindo do ponto que o amigo peludo está em perfeitas condições de saúde, sem restrição a atividade física e devidamente liberado pelo médico veterinário... Então vamos lá!


William (@canicross_brasil) - Campeão Sul-Americano de Canicross
Comece com pequenos percursos, não se esqueça que se você hoje é um bom corredor, começou com pequenos percursos o seu amigo peludo deve seguir a mesma regra.

Meu cão de melhor performance, campeão Sul-Americano de Canicross fez o primeiro treino correndo apenas 600m e essa é a primeira dica:


Iniciando os Treinos


No início termine sempre o treino no auge e nunca com o cão já desestimulado pela atividade, dessa forma ele vai valorizar cada vez mais aquele momento e se dedicar cada dia mais e aos poucos vamos aumentando essa distância. Aumente 100 m na primeira semana e faça isso nas quatro primeiras semanas iniciando com 600 m.


Se o seu amigo gosta de puxar é bom ter um peitoral ou colete de tração que se usa no Canicross, dessa forma ele irá correr com mais conforto. Observe a expressão corporal do cão, olhe a língua dele e veja se está com a coloração rosada e vermelha e nunca roxa, caso fique com uma cor mais escura, roxa, pare imediatamente o exercício e deixe o cão descansa. Os cães podem correr longas distâncias, desde que sejam treinados para isso.


Fique atento à temperatura do seu cão


Quanto a temperatura, cães que não estão acostumados a correr é bom evitar temperaturas acima de 22 graus, depois de adaptado podemos colocar esse limite para 25 graus e sempre evitando os horários de radiação mais intensa. Eu uso um gel de eletrocardiograma no cão para manter a temperatura dele mais baixa.


Como fazer? Simples, molhe todo o cão. Em uma garrafinha, misture o gel com 30% de água para facilitar a aplicação. Passe no dorso, membros peito e cabeça, ou seja, pode passar no cão inteiro.


Alimentação e suplementação antes dos treinos


Evite dar comida próximo ao horário da atividade, faça a atividade após 5h da refeição.

Hoje existem vários suplementos para dar um suporte de energia para os cães realizarem a atividade. O risco do cão fazer a atividade após uma refeição é que ele pode vir a ter uma torção gástrica. Evite dar muita água durante o treino, se for uma atividade curta não precisa hidratar durante, caso seja necessário, deixe beber muito pouco, umas cinco lambidas na água para tirar a secura da boca. Vale mais molhar o amigo peludo para diminuir a sua temperatura corporal do que dar água para ele durante o treino.





Após o Treino


Deixe ele matar a sede, mesmo assim com um pouco de moderação. Após o treino observe o amigo, se ele ficar de pé é porque o treino foi tranquilo, se ele deitar significa que foi puxado, mas foi bom e se deitar com a cabeça caída e a língua para fora é porque foi demais e observe o seu amigo até ele voltar a ficar de pé.


A atividade física com os cães só faz bem a saúde deles, mas temos que ter atenção para treinar com segurança para que a atividade física alcance o seu principal objetivo, que é a saúde do cão e a do humano. A última dica é, nunca correr a frente do seu cão, ele deve sempre estar à sua frente ou ao seu lado, assim o ritmo é sempre dele.


Bons treinos!


Willian Oliveira (https://instagram.com/canicross_brasil)

Campeão Sul Americano de Canicross com Xico. Educador Físico e Atleta de Canicross.


139 views
  • Grey Instagram Icon
  • Grey Facebook Icon
  • Grey YouTube Icon

© 2019. Todos os direitos reservados pela Cachorreiros®

  • Grey Instagram Icon
  • Grey Facebook Icon
  • Grey YouTube Icon
This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now